Saiba como se preparar em varias situações

Remédios interferem em exames laboratoriais?

Alguns, sim. Os antibióticos e os antiinflamatórios, por exemplo, interferem nos testes de coagulação do sangue, normalmente solicitados em pré-operatórios. Portanto, quaisquer que sejam os remédios que esteja tomando, avise o atendente antes do exame.

Pode-se fazer exame de sangue com gripe, resfriado ou febre?

Sim. A intenção é verificar se alguma infecção é a responsável pela febre, em algumas circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos.

Menstruação interfere nos exames?

Sim, por exemplo, no de urina. Por isso o ideal é fazê-lo fora do período menstrual.

Mulher menstruada pode fazer exame de sangue?

Sim, qualquer um deles. Porém, diversos hormônios e algumas proteínas séricas variam durante o ciclo menstrual.

Esforço físico atrapalha os exames laboratoriais?

Alguns, sim. Por exemplo, os de glicemia. Você não pode ter se submetido a qualquer esforço físico. Testes feitos após esforços terão eventualmente valores diferentes dos que você tem.

E bebidas alcoólicas podem alterar resultados de exames?

Sim, especialmente o de triglicérides. O álcool também altera o colesterol, mas pouco.

A alimentação também interfere nos resultados de colesterol e triglicérides?

Sim, mas principalmente no de triglicérides.

Alimentação para resultados de triglicérides serem confiáveis?

Você deve manter a sua dieta habitual nos 15 dias que antecedem os exames. É fundamental jejum de 12 a 14 horas para a coleta do sangue.

Água "quebra" o jejum?

Não. Mas convém tomá-la com moderação.

Exame de sangue tem que ser sempre em jejum?

Nem todos. O hemograma simples, por exemplo, dispensa o jejum. Já glicemia e triglicérides exigem que você fique várias horas sem comer.

E para colher o exame de fezes, a pessoa precisa estar em jejum?

Não. Também não precisa se a primeira evacuação do dia.

No caso de exame de urina, tem que ser a "primeira da manhã"?

De preferência sim, a não ser que seu médico solicite urgência, utilizando frasco estéril.

Por que quando se tira sangue para exame, às vezes o local fica roxo?

Isso chama-se hematoma: extravasamento de sangue para fora da veia. Ele pode ocorrer em determinadas situações, tais como: veias finas, delicadas, com muita pressão; falta de boa compressão no local de punção; e paciente usando algum medicamento que altera a coagulação.

Coletor infantil deve ser trocado num determinado tempo?

Sim. O coletor infantil deverá ser trocado a cada 1 hora até que consiga colher a amostra. A cada troca, deve ser feita a assepsia local.


Para maiores informações, favor entrar em contato preenchendo nosso formulário, ou através do email sac@laboratoriokline.com.br ou do telefone: (21) 2667-8424.